Home O Servir / Ritos Plantas de Poder

Plantas de Poder

Plantas de Poder: Ayahuasca, Jurema e Wachuma

As plantas enteógenas estão presentes em todas as culturas ancestrais dos continentes. São espíritos de cura do reino vegetal, que oferecem à humanidade a possibilidade de acelerar seu passo evolutivo a partir da conexão com o Eu autêntico. Enxergar além da visão dualista e viver o transcendente é tocar na criatividade em estado puro, reconhecer dons e o nosso verdadeiro potencial e lugar. Podemos a partir desse ponto rever limitações do ego e de uma educação domesticada, assim como, dependências, medos, vícios, padrões de competitividade materialista e separação.

Feitio de Ayahuasca

Mimosa Hostilis (Jurema Preta)

Também conhecida como “Jurema Preta”, é uma planta natural do Brasil. O alcalóide ativo na mimosa é o N,N-DMT, que é similar ao LSD, mas mais intenso. Normalmente quando ingerido o DMT não tem qualquer efeito, mas combinando mimosa hostilis com um inibidor da MAO como o peganum harmala (arrua siriana) ou o banisteriopsis caapi. A raiz da árvore da mimosa também é usada como remédio para problemas de pele e feridas tais como queimaduras, e é usada comercialmente em produtos para o rejuvenescimento da pele e do cabelo. Estudos indicam que de fato possui qualidades úteis. A raiz é rica em taninos, saponinas, alcalóides, lípidos, fitosteroles, glicosídeos, xilose, ramnose, arabinose e lupeol.

Wachuma

Leia mais sobre a Wachuma no link http://www.xamanismo.com/aliado%20do%20poder/wachuma/

A vida é um ritual de amor

']); _gaq.push(['_setDomainName', 'none']); _gaq.push(['_setAllowLinker', true]); _gaq.push(['_trackPageview']); (function() { var ga = document.createElement('script'); ga.type = 'text/javascript'; ga.async = true; ga.src = ('https:' == document.location.protocol ? 'https://ssl' : 'http://www') + '.google-analytics.com/ga.js'; var s = document.getElementsByTagName('script')[0]; s.parentNode.insertBefore(ga, s); })();